sexta-feira, 5 de novembro de 2010

Aperto de Mãos

Pela janela deste quarto
outros quartos
onde nunca estive
Abro meus olhos
e nada aqui
parece meu

Conto os dias
só não sei pra quê
Na janela,
nem o sol, nem a chuva
Só o reflexo,
um retrato amarelado
De um tempo
que já não tenho na memoria

No quarto ao lado
ouço vozes
Vejo alguém,
Uma pessoa,
não sei quem
Ela enche meu copo
Eu bebo e sinto as dores
A cicuta me corroí
Mas ainda assim
nadarei contra a corrente!
Pois dessa vida,
sinuosa serpente
quero todos os pecados

E noutros copos
me encontro
noutros quartos
me perco
entre cortinas de fumaça
e janelas inventadas
Enxergo os passos que não dei
gestos que não ousei
bocas que não beijei
caminho que ainda,
ainda, não seguirei

Te conto um segredo,
uma vida toda,
numa simples frase.
Pois tudo é muito simples
Tudo é quase nada
Tudo é bem pouco,
bem menos que todos pensam
bem menos
oque muitos querem!



A felicidade nunca vêm sozinha, nunca é alcançada a sós. Somos humanos, dependentes seres sociais! As relações com  pessoas determinam muito na vida dessas pessoas. Quando encontramos pessoas que têm uma visão parecida com a nossa, gostos iguais, ideais e valores semelhantes temos que dar valor, porque é raro! Eu tenho alguns nomes em minha vida que fazem a diferença. Um deles é meu caro amigo Thiago, uma pessoa que luta todo o dia pra não deixar passar despercebido os detalhes da vida, pois é deles que se extrai a felicidade! Esse texto foi rabiscado em parceria com meu caro amigo Thiago, capullo, porém de alma nobre e coração grande, capaz de abraçar a todos e sorver de cada um uma experiência unica! O texto fala por si só...

Um comentário:

Thiago disse...

Velhinho, esse é um desses textos que eu leio, e demoro pra entender se fui eu mesmo que fiz, e os motivos que me levaram a faze-lo. Justiça seja feita, o merito dessa grande viagem é todo teu, eu só me deixei levar pelas palavras.
O melhor de tudo isso, é saber que, apesar de tantas diferenças, há um resquicio de "insanidade" em nossas vidas, e que, talvez seja ela que nos deixe tão lucidos.

É engraçado tambem perceber como a distancia fisica, aproxima os espiritos iguais, os pensamentos e ideais. Espero que esse parceria seja só o começo.
Gracias de todo, hermano...